O seu Estoque Excedente voltando a ser Receita.

Criar uma vantagem competitiva usando nossos mercados on-line e uma grande base de compradores para vender seus estoques excedentes, estoques excessivos, e bens devolvidos. Você pode até ter considerado seus estoques excedentes e mercadorias de retorno como um dreno no balanço. Agora não mais! Você pode transformar a sua cadeia de suprimentos reversa em negócios e mais uma fonte geradora de renda usando os serviços da empresa líder em negócios com Sobras de Estoques e Ativos e Baixo Giro do Brasil. Nossas soluções concentram-se na criação de fluxos de receita para as empresas através de nosso mercado de negócios online e diversos compradores profissionais em potencial. Se você é um grande varejista, uma cadeia nacional de lojas de departamentos, atacadista regional, varejista on-line, ou uma indústria, a Liquidation tem as soluções necessárias para os seus estoques excedentes. Transformar os bens excedentes ociosos em receita é o nosso negócio. Artigos eletrônicos de consumo, utensílios domésticos, confecção, saúde, alimentos, dentre outros produtos, temos a capacidade de gerenciar grande volume excedente para qualquer gama de produtos, independente das condições de uso. Associa-se com um parceiro de confiança para ajudá-lo a gerenciar a cadeia de suprimentos reversa, a partir dai você poderá se concentrar em apenas no seu core business – atender bem seus clientes habituais. Que vender seus estoques excedentes? Solicite informações! Estoques Excedentes, Estoques Excessivos Email this...
Saiba mais...

O que é Logistica?

O conceito de logística é um conjunto de planejamento, organização, controle e realização de outras tarefas associadas à armazenagem, transporte e distribuição de bens e serviços integrando as funções sistêmicas desde a Produção até a Entrega de mercadorias e serviços, assegurando vantagens competitivas na Cadeia de abastecimento e a satisfação dos clientes. Pode-se dizer que os componentes de um sistema de logística são: atendimento ao cliente, previsão da demanda, comunicação da distribuição, controle de inventário, gestão de materiais, processamento de ordens e partes, suporte de serviço, seleção de planta e armazém, compras, embalagem, gestão de bens devolvidos, disposição de sobras e rejeitos, transporte e tráfego, e armazenagem. O objetivo mais importante da logística é criar um sistema para entregar os produtos ao destino final num tempo mais curto possível, reduzindo os custos. Para que isso ocorra, é preciso estudar rotas de circulação, meios de transportes, locais de armazenagem (depósitos) entre outros. Email this...
Saiba mais...

O que é Logistica Empresarial?

A Logística empresarial trata de todas as atividades de movimentação e armazenagem, que facilitam o fluxo de produtos desde o ponto de aquisição da matéria-prima até o ponto de consumo final, assim como dos fluxos de informação que colocam os produtos em movimento, com o propósito de providenciar níveis de serviços adequados aos clientes a um custo razoável. Este tipo de logística é utilizada nas empresas para melhorar o nível de rentabilidade nos serviços de distribuição aos clientes e consumidores, através de planejamento, organização e controles efetivos para atividades de movimentação e armazenagem que visam facilitar o fluxo de produtos. Para que as empresas consigam atender as exigências dos consumidores,elas precisam adotar um sistema de logística, pois não adianta oferecer produtos bons e baratos sem se comprometer a entregá-los no período certo, com o preço justo. Se não tiver um bom sistema de logistica empresarial, com certeza o cliente procurará uma nova empresa que possa atender suas expectativas. Email this...
Saiba mais...

O que é logistica reversa?

Logística Reversa é o conjunto das operações relacionadas ao reaproveitamento ou reuso de produtos e materiais. A gestão destas operações é chamada de Gestão de Recuperação de Produtos (PRM – Product Recovery Management). Mas, a Logística Reversa se refere a todas as atividades logísticas de recolher, desmontar e processar produtos usados, partes de produtos e/ou materiais para garantir uma recuperação sustentável. A logística reversa tem como objetivo poder incluir a devolução de bens ao inventário ou armazém, devolução de bens ao fabricante original, venda dos bens num mercado secundário, reciclagem, etc. Antigamente, as empresas (fabricantes), não davam importância ao final da vida útil de seus produtos adquiridos pelos clientes. Porém, este cenário mudou com o passar dos anos. As principais razões para aderir à logística reversa são: 1. leis ambientes que forçam as empresas a receber de volta seus produtos e cuidar de seu tratamento. 2. benefícios econômicos de usar produtos devolvidos no processo produtivo, ao invés de descartá-los. 3. a crescente consciência ambiental dos consumidores. Ou seja, com a logística reversa, reduzimos gastos e ainda por cima ajudamos a preservar o meio ambiente. Nós temos bons lotes de produtos advindos de logística reversa para vender. Você têm interesse em COMPRAR ou VENDER produtos vindos de retorno de lojas e industrias? Então clique aqui! Email this...
Saiba mais...

Soluções Especiais

As nossas soluções foram feitas para empresas de todos os tamanhos. Foram criadas para que nossos clientes não tenham dor de cabeça e muito menos de se preocupar em solucionar problemas com Sobras de Estoques. Email this...
Saiba mais...

Logística Reversa

Logística Reversa – Serviços que incluem a manipulação de retornos, venda dos ativos in loco (on-site), reparação, renovação, reparação de ativos e reciclagem. Email this...
Saiba mais...

LOGÍSTICA REVERSA PÓS CONSUMO

Universidade Federal do Rio Grande do Norte Programa de Pós-Graduação em Engenharia da Produção. ALUNO: Nivaldo Pessoa Filho – PEP – UFRN E-mail: [email protected] ORIENTADOR: Professor Dr. José Alfredo Ferreira Costa – PEP – UFRN – E-mail: [email protected] LOGÍSTICA REVERSA – PÓS-CONSUMO: RESÍDUO SÓLIDO DA LINHA BRANCA E SEU DESTINO FINAL NO MUNICÍPIO DO NATAL/RN. NATAL/RN 2008 LOGÍSTICA REVERSA: PÓS-CONSUMO: RESÍDUO SÓLIDO DA LINHA BRANCA E SEU DESTINO FINAL NO MUNICÍPIO DONATAL/RN. ALUNO: Nivaldo Pessoa Filho – PEP – UFRN – [email protected] ORIENTADOR: Professor Dr. José Alfredo Ferreira. Costa – PEP – UFRN – [email protected] Resumo: O crescente aumento do consumo dos produtos industrializados, principalmente da linha branca, devido a estabilização da moeda com o Plano Real, aumentou o poder de compra da população brasileira das classes sociais C, D e E, principalmente no Nordeste Brasileiro. Por causa dos programas sociais dos Governos Federal, Estadual e Municipal, constatou-se um efeito cascata neste segmento, no momento da aquisição destes produtos, por parte das classes A e B., além da falta de legislação ambiental especifica para este segmento. Outro fator levantado foi o ciclo de vida do produto para sua fabricação, que é um grande impacto ao meio ambiente com a retirada dessas materiais. O presente artigo, desenvolvido por uma pesquisa bibliográfica do tipo exploratória, teve seus dados coletados através, de entrevistas informais com perguntas abertas e observação in loco. O objetivo geral deste trabalho é Estudar o descarte final dos resíduos sólidos após-consumo da linha branca, pela população no município do Natal/RN. Procurou-se discutir os conceitos, e a importância da logística reversa de pós-consumo como um diferencial no descarte desses materiais no meio ambiente, além de trazer uma grande economia para vários segmentos da sociedade, gerando divisas para o país e vida para o meio ambiente. Palavras-chaves: Logística pós-consumo; Meio Ambiente; Lei ambiental; Classes sociais. 1. INTRODUÇÃO Com a mudança de comportamento do consumo de produtos pela população, a administração dos resíduos sólidos (lixo) é hoje uma das grandes preocupações nas organizações, tanto Públicas como Privadas. Instituições e entidades ambientais têm divulgado números astronômicos sobre o assunto quando se refere ao resíduo produzido por essa população. Os eletrodomésticos de grande porte como refrigeradores, freezer, fogões e lavadoras de roupas pertencem ao segmento industrial de Linha Branca. Este tipo de indústria está presente no país desde o final da década de quarenta. Nos últimos anos, principalmente no período pós-Real, o setor...
Saiba mais...

Logística Reversa – Conceitos básicos e as práticas operacionais

Logística Reversa Uma visão sobre os conceitos básicos e as práticas operacionais by Leonardo Lacerda Introdução Usualmente pensamos em logística como o gerenciamento do fluxo de materiais do seu ponto de aquisição até o seu ponto de consumo. No entanto, existe também um fluxo logístico reverso, do ponto de consumo até o ponto de origem, que precisa ser gerenciado. Este fluxo logístico reverso é comum para uma boa parte das empresas. Por exemplo, fabricantes de bebidas têm que gerenciar todo o retorno de embalagens (garrafas) dos pontos de venda até seus centros de distribuição. As siderúrgicas usam como insumo de produção em grande parte a sucata gerada por seus clientes e para isso usam centros coletores de carga. A indústria de latas de alumínio é notável no seu grande aproveitamento de matéria prima reciclada, tendo desenvolvido meios inovadores na coleta de latas descartadas. Existem ainda outros setores da indústria onde o processo de gerenciamento da logística reversa é mais recente como na indústria de eletrônicos, varejo e automobilística. Estes setores também têm que lidar com o fluxo de retorno de embalagens, de devoluções de clientes ou do reaproveitamento de materiais para produção. Este não é nenhum fenômeno novo e exemplos como o do uso de sucata na produção e reciclagem de vidro tem sido praticados há bastante tempo. Por outro lado, tem-se observado que o escopo e a escala das atividades de reciclagem e reaproveitamento de produtos e embalagens tem aumentado consideravelmente nos últimos anos. Algumas das causas para isto são discutidas abaixo: Questões ambientais Existe uma clara tendência de que a legislação ambiental caminhe no sentido de tornar as empresas cada vez mais responsáveis por todo ciclo de vida de seus produtos. Isto significa ser legalmente responsável pelo seu destino após a entrega dos produtos aos clientes e do impacto que estes produzem no meio ambiente. Um segundo aspecto diz respeito ao aumento de consciência ecológica dos consumidores que esperam que as empresas reduzam os impactos negativos de sua atividade ao meio ambiente. Isto tem gerado ações por parte de algumas empresas que visam comunicar ao público uma imagem institucional “ecologicamente correta”. Concorrência – Diferenciação por serviço Os varejistas acreditam que os clientes valorizam as empresas que possuem políticas mais liberais de retorno de produtos. Esta é uma vantagem percebida onde os fornecedores ou varejistas assumem os riscos pela existência de produtos danificados. Isto envolve, é claro, uma...
Saiba mais...

Logística Reversa de Mercadorias de Devolução de Lojas

Logística reversa de mercadorias de devolução de lojas. Saiba mais! Solicite informações. Email this page
Saiba mais...

Logística Reversa de Produtos Eletrônicos

Na LiquidaExpress.com você encontra produtos eletrônicos advindos de logística reversa para comprar e vender. Faça uma visita ou solicite maiores informações sobre produtos eletrônicos. Email this...
Saiba mais...

Definições Logística Reversa

Por Rogério Ramos De acordo com os especialistas Luiz Fernando Rodrigues Campos e Caroline V. de Macedo Brasil, frente ao mercado atual a Logística Reversa se tornou um diferencial competitivo para companhias “uma vez que aspectos referentes à reciclagem, ao reaproveitamento de materiais e ao tratamento de resíduos estão sendo cada vez mais valorizados pelos consumidores no momento da escolha da empresa em que irão comprar os produtos e/ou os serviços que utilizarão”. Esse subsistema logístico, responsável por dar respostas principalmente às demandas sociais voltadas ao contexto ecológico, possui uma gama de definições dada por estudiosos e organizações em várias partes do mundo. Contudo, mesmo frente a uma possível disparidade dos conjuntos que formulam as ideias, o princípio básico – minimização dos impactos ambientais através da reutilização de materiais – pode ser percebido em todas as definições. Seguem abaixo as mais recorrentes definições sobre o tema: “A atividade de planejamento, execução e controle do fluxo de matérias-primas, produtos em processo e produtos acabados (bem como os fluxos de informações relacionados), do ponto de consumo ao ponto de origem, de forma eficiente e eficaz, visando recapturar o valor ou destinar à eliminação adequada, cuidando do impacto dos custos relacionados a esse processo”. (Reverse Logistics Executive Council – RLEC, 2007) “Logística reversa é um amplo termo relacionado às habilidades e atividades envolvidas no gerenciamento de redução, movimentação e disposição de resíduos de produtos e embalagens”. (Council of Logistics Management – CLM, 1993) “É a área da logística empresarial que planeja, opera e controla o fluxo e as informações logísticas correspondente, do retorno dos bens de pós – vendas e de pós-consumo ao ciclo de negócio ou ao ciclo produtivo, por meio dos canais de distribuições reversos, agregando valores a natureza: econômico, ecológico, legal, logístico, de imagem coorporativa, entre outros”. (Paulo Roberto LEITE, 2003) “Processo de planejamento, implementação e controle da eficiência, do custo efetivo do fluxo de matérias-primas, estoques de processo, produtos acabados e as respectivas informações, desde o ponto de consumo até o ponto de origem, com o propósito de recapturar valor ou adequar o seu destino”. (Daniels ROGERS e Richard TIBBEN-LEMBKE,1998) “Termo utilizado para referir-se à logística na reciclagem, descarte e gerenciamento de materiais contaminantes que, numa perspectiva mais ampla, inclui atividades logísticas de redução de emissão, reciclagem, substituição, reutilização de materiais e descarte”. (James R. STOCK, 1998) “Cuida dos fluxos de materiais que se iniciam nos pontos de...
Saiba mais...

Comprar Vender Refurbished

No site de negócios LiquidaExpress.com têm produtos Refurbished para Comprar e Vender. Saiba como negociar estoques Refurbished de forma fácil, rápida e eficientemente. Entre em contato conosco ou solicite uma ligação sem compromisso. Email this...
Saiba mais...

Mercadorias de Seguradoras

Aqui têm Mercadorias de Seguradoras! No site de negócios LiquidaExpress.com têm muitas mercadorias advindas de Seguradoras. Se você deseja Comprar ou Vender Mercadorias de Seguradoras aqui é o lugar certo. Visite nosso site de negócios, ou, solicite uma ligação sem compromisso. Email this...
Saiba mais...

Assessoria e Consultoria em Corporate Trade

Prestamos serviços de Assessoria e Consultoria em operações de Corporate Trade e Barter. Para maiores informações solicite uma ligação nossa sem compromisso. Email this page
Saiba mais...

Como é feita a reciclagem do lixo eletrônico ?

Como é feita a reciclagem do lixo eletrônico ? A reciclagem do e-lixo consiste em 3 passos fundamentais: coleta, desmontagem/pré-processamento e refinação (processo final). Sendo mostrado na figura abaixo. Para cada passo há uma empresa ou pessoa especializada, sendo a eficiência dependente de cada uma dessas etapas. A coleta do e-lixo é a parte mais crucial, pois determina o montante de material a ser reciclado. Essa etapa pode ser comparada ao carroceiro de rua que separa o papelão, latas, entre outros. Mas, nesse caso, a pessoa que faz a coleta pega o material, por exemplo, o computador, e retira a placa mãe, memória RAM, etc (partes que contém grande quantidade de metal precioso) e a manda para uma empresa de reciclagem mais especializada, onde será feita a desmontagem. O foco da desmontagem/pré-processamento é liberar os materiais e encaminhá-los para processos adequados de tratamento final. As substâncias perigosas devem ser retiradas, armazenadas ou tratadas de forma segura, enquanto componentes valiosos/materiais deverão ser retirados para reutilização ou para ser direcionado para processos de recuperação. Isto inclui a remoção de baterias, capacitores, para então ir para o pré-tratamento. Baterias dos dispositivos podem ser enviadas para instalações específicas para a recuperação do cobalto, níquel e cobre. A refinação de metais após o pré-tratamento ocorre em três principais destinos: os pedaços de ferro são direcionados para usinas siderúrgicas, os pedaços de alumínio vão para fundições de alumínio, enquanto pedaços de cobre, chumbo, circuitos e outros metais preciosos vão para fundições de metal, que recuperam os metais preciosos, cobre e outros metais não-ferrosos, enquanto isola as substâncias perigosas. Por fim, há a reutilização desses materiais. Por que vale a pena reciclar. Em meados de 2008, o Centro de Computação Eletrônica (CCE) da USP fez coletas do lixo eletrônico existente dentro do próprio CCE. Todos os participantes desse centro levaram os equipamentos de suas casas e, desse modo, juntaram 5 toneladas de produtos descartados. Quando ofereceram esse lixo para empresas de reciclagem, eles descobriram que a quantia paga por esse montate foi de apenas R$1200. Perceberam, então, que as empresas de reciclagem se interessam apenas por um tipo de material, por exemplo, se o foco de uma empresa for metal precioso, ela não vai se interessar em pagar pelo plástico usado em computadores, celulares, entre outros. Tereza Cristina Carvalho, diretora CCE da USP, afirma que um computador desmontado pode valer de R$ 24 a R$ 40...
Saiba mais...


Liquidation - Sobras Salvados Refurbished Pontas de Estoques e Logística Reversa Sobras de Estoques, Ativos de Baixo Giro, Salvados, Refurbished, Excesso de Estoque, Pontas de Estoques, Outlet, Corporate Barter e Logística Reversa., Se sua empresa necessita rapidamente de espaço, armazenamos suas Sobras de Estoques em nosso armazém e cuidamos de vendê-lo através do serviços de venda vend excesso de estoque, sobras de estoques, ativos de baixo giro, salvados, pontas de estoques, outlet, logística reversa, corporate barter, refurbished, atacado, atacadista, comprar, vender, venda consignada