Lixo Eletrônico Reciclado

Lixo eletrônico reciclado é no LiquidaExpress.com. Clique aqui e conheça o maior portal de negócios com lixo eletrônico do país.
Saiba mais...

Como é feita a reciclagem do lixo eletrônico ?

Como é feita a reciclagem do lixo eletrônico ? A reciclagem do e-lixo consiste em 3 passos fundamentais: coleta, desmontagem/pré-processamento e refinação (processo final). Sendo mostrado na figura abaixo. Para cada passo há uma empresa ou pessoa especializada, sendo a eficiência dependente de cada uma dessas etapas. A coleta do e-lixo é a parte mais crucial, pois determina o montante de material a ser reciclado. Essa etapa pode ser comparada ao carroceiro de rua que separa o papelão, latas, entre outros. Mas, nesse caso, a pessoa que faz a coleta pega o material, por exemplo, o computador, e retira a placa mãe, memória RAM, etc (partes que contém grande quantidade de metal precioso) e a manda para uma empresa de reciclagem mais especializada, onde será feita a desmontagem. O foco da desmontagem/pré-processamento é liberar os materiais e encaminhá-los para processos adequados de tratamento final. As substâncias perigosas devem ser retiradas, armazenadas ou tratadas de forma segura, enquanto componentes valiosos/materiais deverão ser retirados para reutilização ou para ser direcionado para processos de recuperação. Isto inclui a remoção de baterias, capacitores, para então ir para o pré-tratamento. Baterias dos dispositivos podem ser enviadas para instalações específicas para a recuperação do cobalto, níquel e cobre. A refinação de metais após o pré-tratamento ocorre em três principais destinos: os pedaços de ferro são direcionados para usinas siderúrgicas, os pedaços de alumínio vão para fundições de alumínio, enquanto pedaços de cobre, chumbo, circuitos e outros metais preciosos vão para fundições de metal, que recuperam os metais preciosos, cobre e outros metais não-ferrosos, enquanto isola as substâncias perigosas. Por fim, há a reutilização desses materiais. Por que vale a pena reciclar. Em meados de 2008, o Centro de Computação Eletrônica (CCE) da USP fez coletas do lixo eletrônico existente dentro do próprio CCE. Todos os participantes desse centro levaram os equipamentos de suas casas e, desse modo, juntaram 5 toneladas de produtos descartados. Quando ofereceram esse lixo para empresas de reciclagem, eles descobriram que a quantia paga por esse montate foi de apenas R$1200. Perceberam, então, que as empresas de reciclagem se interessam apenas por um tipo de material, por exemplo, se o foco de uma empresa for metal precioso, ela não vai se interessar em pagar pelo plástico usado em computadores, celulares, entre outros. Tereza Cristina Carvalho, diretora CCE da USP, afirma que um computador desmontado pode valer de R$ 24 a R$ 40...
Saiba mais...

Como os componentes eletrônicos são reciclados ?

Como os principais componentes de eletrônicos são reciclados? Grande parte do lixo eletrônico pode ser reciclado, mas nem todo mundo sabe como fazê-lo. O mundo inteiro sofre com o descarte indevido de aparelhos eletrônicos: os seus componentes apresentam metais pesados (como chumbo, níquel e cádmio) capazes de poluir o solo e os lençóis freáticos. Monitores e televisões de tubo contêm, em média, 1,4 kg de chumbo, o qual pode causar danos ao sistema nervoso e reprodutivo quando ingerido. Dado esse perigo, saber como os eletrônicos são reciclados é de fundamental importância. Como se livrar do e-lixo Primeiramente, o ideal é nunca jogar fora um aparelho eletrônico junto com o lixo comum: por mais que você o separe como “lixo reciclável”, os aterros sanitários brasileiros não estão preparados para realizar o processo de reciclagem específico de celulares ou computadores. Para isso, você precisa contatar a empresa responsável pela fabricação do aparelho ou um serviço especializado de reciclagem: eles podem ir até a sua casa buscar o eletrônico. Caso você não saiba de nenhum lugar com essa função, a ONG brasileira E-Lixo Maps mostra a empresa de reciclagem capacitada mais próxima da sua casa. Entretanto, jogar fora produtos tecnológicos é o procedimento menos recomendado, já que mesmo estragados eles ainda possuem muitos componentes reaproveitáveis. Dados da Global Intelligence Alliance indicam que 35% dos consumidores não descartam os aparelhos antigos: como o valor pago é muito alto, o eletrônico é mantido guardado. Outros 30% os doam para instituições de caridade. Já cerca de 20% revendem o produto e 7% o jogam fora, de fato. Levando isso em conta, o Brasil parece ainda descartar menos eletrônicos do que países mais desenvolvidos, o que é bom por questões ecológicas. O processo de reciclagem Reciclar produtos eletrônicos é interessante não apenas para preservar o meio-ambiente, mas também para economizar na produção de novos aparelhos. Afinal, durante a reciclagem é possível recuperar, a partir de placas e chips, uma pequena quantidade de ouro, prata, índio, cobre e outros metais nobres; são 17 tipos ao todo. Por exemplo, em uma tonelada de PCs existe mais ouro do que em 17 toneladas do minério bruto do metal. Embora já sejamos capazes de separar os principais componentes de aparelhos eletrônicos, no Brasil ainda não existe um método para realizar a separação detalhada de metais nobres. Apesar disso, esse lixo é vendido e exportado para países com a tecnologia necessária:...
Saiba mais...

Como Reciclar Produtos Eletrônicos ?

Como reciclar produtos eletrônicos? O lixo eletrônico, ou e-lixo, ultrapassa as caixas de e-mail (o famoso spam) e invade a esfera material. São memórias, HDs, CPUs completas, monitores CRT (tubo) e uma porção de outros equipamentos eletrônicos que se transformam em lixo num período de tempo cada vez mais curto. Segundo o Greenpeace, a cada ano são gerados 50 milhões de toneladas de lixo eletrônico. Se essa quantidade fosse colocada em contêineres de um trem, os vagões carregados dariam uma volta no mundo. Aparelhos eletrônicos ultrapassados ou quebrados, se descartados indevidamente, contaminam o solo e a água por conter metais pesados, como chumbo, níquel e cádmio. Monitores e televisões de tubo contêm, em média, 1,4kg de chumbo. Atrás da tela, há uma camada desse metal com o objetivo de proteger o ser humano dos raios catódicos emitidos pelo tubo de imagem. No caso de ingestão do chumbo, pode haver danos ao sistema nervoso e reprodutivo. Segundo a StEP, aliança apoiada pela ONU, nem todos os materiais que compõem esses equipamentos são nocivos e podem ser reaproveitados. Uma tonelada de celulares velhos, cerca de 6 mil aparelhos, contém em torno de 3,5kg de prata, 340g de ouro, 140g de paládio e 130kg de cobre; já uma bateria de celular possui 3,5g de cobre. Essa quantidade de material vale cerca de US$ 15 mil. A responsabilidade do descarte desses materiais deve ser dividida entre governo, fabricantes e sociedade. Quanto ao papel do governo, ainda não foram elaboradas leis claras e severas que definam uma prática de destino específico para esse material. Existe uma resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente que impõe limite ao volume de metais nocivos ao homem e ao meio ambiente na fabricação dos novos monitores. Todavia, ainda não há nenhuma punição para o lançamento do lixo tóxico no solo. A atuação dos fabricantes, por sua vez, resume-se a uma minoria que faz, efetivamente, o recolhimento e reaproveitamento de seu lixo, deixando que este seja descartado com o lixo comum. A sociedade ainda está engatinhando no processo de conscientização, mas ainda há muito o que aprender. Muita gente não sabe que uma boa parte desses resíduos pode ser reutilizada ou reciclada, e é capaz de gerar novos e diferentes produtos. E mesmo quem já entende essa necessidade e quer ajudar de alguma forma, não sabe como fazê-lo. Foi pensando na importância do destino dado ao e-lixo que o...
Saiba mais...


Liquidation - Sobras Salvados Refurbished Pontas de Estoques e Logística Reversa Sobras de Estoques, Ativos de Baixo Giro, Salvados, Refurbished, Excesso de Estoque, Pontas de Estoques, Outlet, Corporate Barter e Logística Reversa., Se sua empresa necessita rapidamente de espaço, armazenamos suas Sobras de Estoques em nosso armazém e cuidamos de vendê-lo através do serviços de venda vend excesso de estoque, sobras de estoques, ativos de baixo giro, salvados, pontas de estoques, outlet, logística reversa, corporate barter, refurbished, atacado, atacadista, comprar, vender, venda consignada