Soluções Especiais

As nossas soluções foram feitas para empresas de todos os tamanhos. Foram criadas para que nossos clientes não tenham dor de cabeça e muito menos de se preocupar em solucionar problemas com Sobras de Estoques. Email this...
Saiba mais...

O que é Just in Time ?

Hoje, as grandes empresas são pressionadas pela urgência de aumentar a produtividade. Por essa razão, muitas delas resolveram adotar técnicas alternativas. A técnica, meta ou filosofia de Gestão Just in Time tem merecido recentemente grande destaque em todo mundo, tendo em vista a grande necessidade de redução de custos à área de produção. Com este trabalho, procuramos mostrar de uma forma bastante sucinta e precisa, que a filosofia pode ser traduzida em: produção sem estoques, eliminação dos desperdícios, sistema de melhoria contínua do processo etc. Enfim, este sistema da cultura japonesa (berço do Just in Time nos anos 70) é composta de práticas gerenciais que podem ser aplicadas em qualquer parte do mundo e em qualquer empresa, que tem por objetivo a melhoria contínua do processo produtivo. JUST IN TIME O Just in Time (JIT) surgiu no Japão em meados da década de 70, sendo sua idéia básica e seu desenvolvimento creditados à Toyota Motor Company, a qual buscava um sistema de administração que pudesse coordenar a produção com a demanda específica de diferentes modelos e cores de veículos com o mínimo atraso. O sistema de “puxar” a produção a partir da demanda, produzindo em cada somente os itens necessários, nas quantidades necessárias e no momento necessário, ficou conhecido no Ocidente como sistema Kanban. Este nome é dado aos cartões utilizados para autorizar a produção e a movimentação de itens, ao longo do processo produtivo. Contudo, o JIT é muito mais do que uma técnica ou um conjunto de técnicas de administração da produção, sendo considerado como uma completa “filosofia”, a qual inclui aspectos de administração de materiais, gestão da qualidade, arranjo físico, projeto do produto, organização do trabalho e gestão de recursos humanos. Embora haja quem diga que o sucesso do sistema de administração JIT esteja calcado nas características culturais do povo japonês, mais e mais gerentes e acadêmicos têm-se convencido de que esta filosofia é composta de práticas gerenciais que podem ser aplicadas em qualquer parte do mundo. Algumas expressões são geralmente usadas para traduzir aspectos da filosofia Just in Time: eliminação de estoques; eliminação de desperdícios; manufatura de fluxo contínuo, esforço contínuo na resolução de problemas; melhoria contínua dos processos. OBJETIVOS O sistema JIT tem como objetivo fundamental a melhoria contínua do processo produtivo. A perseguição destes objetivos dá-se, através de um mecanismo de redução dos estoques, os quais tendem a camuflar problemas. Os estoques têm...
Saiba mais...

Assessoria e Consultoria em Corporate Trade

Prestamos serviços de Assessoria e Consultoria em operações de Corporate Trade e Barter. Para maiores informações solicite uma ligação nossa sem compromisso. Email this page
Saiba mais...

Gestão do estoque excedente com proposta de redução através de múltiplas alternativas e critérios

No mundo atual; com a globalização e abertura de mercados consumidores e fornecedores ocorre uma crescente concorrência de empresas no objetivo de aumentarem suas participações em vendas. Dessa forma; existe a necessidade de minimizar os custos operacionais; proporcionando maior faturamento; possibilitando maiores lucros. Assim; é de grande importância; ter uma gestão de estoques eficiente em toda a Cadeia de Suprimentos incluindo a parcela excedente. As causas desta parcela consistem na falta de um planejamento acurado na determinação das estimativas de compra; no aproveitamento do mercado fornecedor; na evolução dos produtos acabados e na interrupção ou finalização de um produto. O objetivo deste trabalho é; utilizando uma modelagem de tomada de decisão através de múltiplos critérios; apresentar a solução no destino de materiais determinados como estoque excedente; através de alternativas determinadas em conjunto com as diversas áreas da empresa. Estes critérios são características do material estocado definidos como volume ocupado; tempo de permanência em estoque e custo do material. Já as alternativas para a gestão da parcela excedente do estoque são devolver ao fornecedor; retrabalhar o material; disponibilizar para a área de suporte ao cliente ou sucatar o material. A aplicação do Analytic Hierarchy Process auxilia a melhor decisão de redução do excesso de estoque de um determinado item; diminuindo os investimentos necessários para manutenção dos estoques produtivos da empresa. —> Saiba mais a esse respeito clicando aqui. Nossa empresa pode ajudá-lo acabar com seus estoques excedentes, saiba mais solicitando um contato sem compromisso. Autor: Lucio Garcia Veraldo Junior e Fonte: Site www.dominiopublico.gov.br Email this...
Saiba mais...

Assessoria e Consultoria em Corporate Barter

Prestamos serviços de Consultoria e Assessoria em operações de Corporate Barter e Trade. Solicite maiores informações sem compromisso. Email this page
Saiba mais...

Corporate Barter no Brasil

O que é Corporate Barter ou Corporate Trade? Como se comporta a operação de Barter no Brasil? O fato é que nem sempre o que funciona em outros países, funciona bem no Brasil. A operação de Permutas Corporativas (Corporate Barter) é uma dessas coisas, ou, pode até funcionar, mas não por completo, principalmente se você não conhecer plenamente os pós e contras dessa operação. O Corporate Barter (operação financeira estruturada) nada mais é do que a antiga e conhecidíssima operação de Permuta (Scambo). É a mais antiga e a primeira forma de negócios que surgiu no mundo. Hoje essas operações são feitas com algumas adaptações, mas nem sempre vantajosa aos usuários desse negócio. A principio as empresas trocam seus “Produtos Inativos” por “Créditos Financeiros” o que acreditam estar fazendo um ótimo negócio mas, que, se não forem devidamente analisadas não trarão qualquer vantagem, mas sim, muitas dores de cabeça. Exemplo padrão de uma operação de Corporate Barter: Uma empresa possui R$1.000.000, em estoques sem giro, ou que estejam à vencer. A empresa de Barter compra esse estoque pagando por ele R$1.000.000, só que paga através deuma moeda própria, “Trade Credits” (Créditos Financeiros) que poderão ser usados para pagamento de “parte”  das compras de bens e serviços. Mas atente-se, apenas parte, nunca 100% do valor a ser pago pelo serviço. Imaginemos que você esteja comprando R$100.000, em serviços gráficos e que o “Cash Blend” (a composição de dinheiro e créditos) dessa negociação seja 90% em dinheiro e 10% de Trade Credits. Valor dos Créditos gerados na negociação: R$1.000.000, Valor a ser gasto em Serviços Gráficos dentro de um período: R$100.000, Composição de Pagamento em Dinheiro e Créditos: R$90.000, em dinheiro (90%) R$10.000, em Trade Credits (10%) Em tese para se conseguir resgatar, recuperar o estoque vendido por R$1.000.000, você precisaria de aproximadamente R$10.000.000, (dez milhões de reais) em serviços gráficos para recuperar todo esse valor, isso se o Cash Blend se mantiver no patamar de 10%. Mas, o fato é que as empresas de Barter via-de-regra nunca garantem um Cash Blend fixado e nem podem, precisam analisar caso-a-caso, a cada compra a ser feita, o que muitas vezes acaba engessando o departamento de compras das companhias. Coisa rara, mas se sua empresa gasta R$100.000, de impressos mês demoraria em torno de 100 meses (8 anos) para conseguir recuperar todo o crédito gerado. Um outro problema é que nos Estados Unidos...
Saiba mais...


Liquidation - Sobras Salvados Refurbished Pontas de Estoques e Logística Reversa Sobras de Estoques, Ativos de Baixo Giro, Salvados, Refurbished, Excesso de Estoque, Pontas de Estoques, Outlet, Corporate Barter e Logística Reversa., Se sua empresa necessita rapidamente de espaço, armazenamos suas Sobras de Estoques em nosso armazém e cuidamos de vendê-lo através do serviços de venda vend excesso de estoque, sobras de estoques, ativos de baixo giro, salvados, pontas de estoques, outlet, logística reversa, corporate barter, refurbished, atacado, atacadista, comprar, vender, venda consignada