O que é Logistica Empresarial?

A Logística empresarial trata de todas as atividades de movimentação e armazenagem, que facilitam o fluxo de produtos desde o ponto de aquisição da matéria-prima até o ponto de consumo final, assim como dos fluxos de informação que colocam os produtos em movimento, com o propósito de providenciar níveis de serviços adequados aos clientes a um custo razoável. Este tipo de logística é utilizada nas empresas para melhorar o nível de rentabilidade nos serviços de distribuição aos clientes e consumidores, através de planejamento, organização e controles efetivos para atividades de movimentação e armazenagem que visam facilitar o fluxo de produtos. Para que as empresas consigam atender as exigências dos consumidores,elas precisam adotar um sistema de logística, pois não adianta oferecer produtos bons e baratos sem se comprometer a entregá-los no período certo, com o preço justo. Se não tiver um bom sistema de logistica empresarial, com certeza o cliente procurará uma nova empresa que possa atender suas...
Saiba mais...

O que é logistica reversa?

Logística Reversa é o conjunto das operações relacionadas ao reaproveitamento ou reuso de produtos e materiais. A gestão destas operações é chamada de Gestão de Recuperação de Produtos (PRM – Product Recovery Management). Mas, a Logística Reversa se refere a todas as atividades logísticas de recolher, desmontar e processar produtos usados, partes de produtos e/ou materiais para garantir uma recuperação sustentável. A logística reversa tem como objetivo poder incluir a devolução de bens ao inventário ou armazém, devolução de bens ao fabricante original, venda dos bens num mercado secundário, reciclagem, etc. Antigamente, as empresas (fabricantes), não davam importância ao final da vida útil de seus produtos adquiridos pelos clientes. Porém, este cenário mudou com o passar dos anos. As principais razões para aderir à logística reversa são: 1. leis ambientes que forçam as empresas a receber de volta seus produtos e cuidar de seu tratamento. 2. benefícios econômicos de usar produtos devolvidos no processo produtivo, ao invés de descartá-los. 3. a crescente consciência ambiental dos consumidores. Ou seja, com a logística reversa, reduzimos gastos e ainda por cima ajudamos a preservar o meio ambiente. Nós temos bons lotes de produtos advindos de logística reversa para vender. Você têm interesse em COMPRAR ou VENDER produtos vindos de retorno de lojas e industrias? Então clique...
Saiba mais...

Site de Negócios

Somos uma empresa especializada em soluções para sobras de estoques e ativos de baixo giro independente da região em que estejam, das condições de uso, das condições da embalagem, se fora da linha de produção, obsoletos, se novos ou usados. Nosso principal foco é ajudar compradores e vendedores profissionais a negociarem estoques excedentes em um ambiente online associado a serviços com valor...
Saiba mais...

Sobras de Estoques

Os nossos serviços incluem a venda de estoques excedentes e ativos de baixo giro, manipulação de retornos, reparação, renovação, recuperação de ativos e reciclagem, além de soluções especiais para venda de sobras de estoques in loco (onsite) evitando os custos com logística reversa até o armazém central.
Saiba mais...

Soluções Especiais

As nossas soluções foram feitas para empresas de todos os tamanhos. Foram criadas para que nossos clientes não tenham dor de cabeça e muito menos de se preocupar em solucionar problemas com Sobras de Estoques.
Saiba mais...

Logística Reversa

Logística Reversa – Serviços que incluem a manipulação de retornos, venda dos ativos in loco (on-site), reparação, renovação, reparação de ativos e reciclagem.
Saiba mais...

Saldo de estoque

Saldo de estoque de baixo giro. Visite nosso site de negócios, ou, solicite informações.
Saiba mais...

LOGÍSTICA REVERSA PÓS CONSUMO

Universidade Federal do Rio Grande do Norte Programa de Pós-Graduação em Engenharia da Produção. ALUNO: Nivaldo Pessoa Filho – PEP – UFRN E-mail: [email protected] ORIENTADOR: Professor Dr. José Alfredo Ferreira Costa – PEP – UFRN – E-mail: [email protected] LOGÍSTICA REVERSA – PÓS-CONSUMO: RESÍDUO SÓLIDO DA LINHA BRANCA E SEU DESTINO FINAL NO MUNICÍPIO DO NATAL/RN. NATAL/RN 2008 LOGÍSTICA REVERSA: PÓS-CONSUMO: RESÍDUO SÓLIDO DA LINHA BRANCA E SEU DESTINO FINAL NO MUNICÍPIO DONATAL/RN. ALUNO: Nivaldo Pessoa Filho – PEP – UFRN – [email protected] ORIENTADOR: Professor Dr. José Alfredo Ferreira. Costa – PEP – UFRN – [email protected] Resumo: O crescente aumento do consumo dos produtos industrializados, principalmente da linha branca, devido a estabilização da moeda com o Plano Real, aumentou o poder de compra da população brasileira das classes sociais C, D e E, principalmente no Nordeste Brasileiro. Por causa dos programas sociais dos Governos Federal, Estadual e Municipal, constatou-se um efeito cascata neste segmento, no momento da aquisição destes produtos, por parte das classes A e B., além da falta de legislação ambiental especifica para este segmento. Outro fator levantado foi o ciclo de vida do produto para sua fabricação, que é um grande impacto ao meio ambiente com a retirada dessas materiais. O presente artigo, desenvolvido por uma pesquisa bibliográfica do tipo exploratória, teve seus dados coletados através, de entrevistas informais com perguntas abertas e observação in loco. O objetivo geral deste trabalho é Estudar o descarte final dos resíduos sólidos após-consumo da linha branca, pela população no município do Natal/RN. Procurou-se discutir os conceitos, e a importância da logística reversa de pós-consumo como um diferencial no descarte desses materiais no meio ambiente, além de trazer uma grande economia para vários segmentos da sociedade, gerando divisas para o país e vida para o meio ambiente. Palavras-chaves: Logística pós-consumo; Meio Ambiente; Lei ambiental; Classes sociais. 1. INTRODUÇÃO Com a mudança de comportamento do consumo de produtos pela população, a administração dos resíduos sólidos (lixo) é hoje uma das grandes preocupações nas organizações, tanto Públicas como Privadas. Instituições e entidades ambientais têm divulgado números astronômicos sobre o assunto quando se refere ao resíduo produzido por essa população. Os eletrodomésticos de grande porte como refrigeradores, freezer, fogões e lavadoras de roupas pertencem ao segmento industrial de Linha Branca. Este tipo de indústria está presente no país desde o final da década de quarenta. Nos últimos anos, principalmente no período pós-Real, o setor...
Saiba mais...

Logística Reversa – Conceitos básicos e as práticas operacionais

Logística Reversa Uma visão sobre os conceitos básicos e as práticas operacionais by Leonardo Lacerda Introdução Usualmente pensamos em logística como o gerenciamento do fluxo de materiais do seu ponto de aquisição até o seu ponto de consumo. No entanto, existe também um fluxo logístico reverso, do ponto de consumo até o ponto de origem, que precisa ser gerenciado. Este fluxo logístico reverso é comum para uma boa parte das empresas. Por exemplo, fabricantes de bebidas têm que gerenciar todo o retorno de embalagens (garrafas) dos pontos de venda até seus centros de distribuição. As siderúrgicas usam como insumo de produção em grande parte a sucata gerada por seus clientes e para isso usam centros coletores de carga. A indústria de latas de alumínio é notável no seu grande aproveitamento de matéria prima reciclada, tendo desenvolvido meios inovadores na coleta de latas descartadas. Existem ainda outros setores da indústria onde o processo de gerenciamento da logística reversa é mais recente como na indústria de eletrônicos, varejo e automobilística. Estes setores também têm que lidar com o fluxo de retorno de embalagens, de devoluções de clientes ou do reaproveitamento de materiais para produção. Este não é nenhum fenômeno novo e exemplos como o do uso de sucata na produção e reciclagem de vidro tem sido praticados há bastante tempo. Por outro lado, tem-se observado que o escopo e a escala das atividades de reciclagem e reaproveitamento de produtos e embalagens tem aumentado consideravelmente nos últimos anos. Algumas das causas para isto são discutidas abaixo: Questões ambientais Existe uma clara tendência de que a legislação ambiental caminhe no sentido de tornar as empresas cada vez mais responsáveis por todo ciclo de vida de seus produtos. Isto significa ser legalmente responsável pelo seu destino após a entrega dos produtos aos clientes e do impacto que estes produzem no meio ambiente. Um segundo aspecto diz respeito ao aumento de consciência ecológica dos consumidores que esperam que as empresas reduzam os impactos negativos de sua atividade ao meio ambiente. Isto tem gerado ações por parte de algumas empresas que visam comunicar ao público uma imagem institucional “ecologicamente correta”. Concorrência – Diferenciação por serviço Os varejistas acreditam que os clientes valorizam as empresas que possuem políticas mais liberais de retorno de produtos. Esta é uma vantagem percebida onde os fornecedores ou varejistas assumem os riscos pela existência de produtos danificados. Isto envolve, é claro, uma...
Saiba mais...

Inventário e liquidação de estoques excedentes

Serviços de inventariação e liquidação de saldos de estoques excedentes. Solicite informações adicionais.
Saiba mais...

Auditoria de almoxarifado e inventário de estoques total ou parcial

Inventário Físico Total/Geral Inventário físico total de ativos fixos com emissão de relatórios personalizados de acordo com a necessidade de cada cliente. Inventário Parcial Serviço de contagem de grupos de ativos fixos específicos. Inventário Parcial de estoques e mercadorias. Inventário Rotativo Inventário de seções específicas de acordo com o cronograma e a rotina de sistemas de logísticos de cada cliente. Inventário Patrimonial Serviço especializado em Inventário de Patrimônio com a finalidade de atestar os ativos fixos de empresas, auxiliando em processos de Fusão e Aquisição. Prevenção de Perdas Sistema de Consultoria em Gestão de Estoques e Inventários para prevenir perdas em estoques e sistemas logísticos. Controle de Estoque O serviço de Controle de Estoques e Inventários da Liquidation tem como objetivo suprir as deficiências de empresas de todos os setores de atuação no que diz respeito à Gestão e Controle dos ativos fixos, utilizando uma metodologia aplicada por consultores...
Saiba mais...

ROTEIRO DE AUDITORIA INTERNA DE ESTOQUES – ALMOXARIFADO

ROTEIRO DE AUDITORIA INTERNA Auditoria Auditoria Interna, controles internos CONTROLES INTERNOS APLICADOS AOS PAGAMENTOS 1. Controles Internos dos Pagamentos 1.1 Estoque – Almoxarifado A empresa tem definida quantidade mínima e máxima de estoque de cada produto. Estoque atinge quantidade mínima: necessidade de compra. O responsável pelo estoque emite diariamente um relatório dos produtos que atingiram a quantidade mínima, o qual é enviado, através de requisição, devidamente autorizado, para o setor de compra de materiais. 1.1A – Estoque de Matérias-primas O estoque de matérias-primas, normalmente é próximo da produção e separado do estoque do almoxarifado. Está definido o estoque mínimo, médio (ideal) e máximo; Relatório é encaminhado para o setor de produção quando atinge o estoque mínimo; O setor de produção planeja a compra de matérias-primas, através de pessoas devidamente autorizadas; 1.2 Requisições de Compras São efetuadas requisições de compra Deve conter os seguintes dados: controle numérico data constar a quantidade e as especificações detalhadas de cada produto Identificado o setor assinatura do requisitante (almoxarifado) e do responsável pelo setor assinatura do estoque de produção, Engenheiro de Produção, responsável pelo setor de produção A Ordem de compra O comprador da empresa, mediante a requisição, abre a Ordem de Compra; Deve conter: Data; Numeração; Quantidade e especificações dos produtos; Identificação do Setor; Cotação de Preços; O valor unitário, valor total e as condições gerais de pagamento e de qualidade do produto negociadas com o fornecedor selecionado pela empresa; Assinatura do Engenheiro de produção ou responsável; Assinatura do Diretor de Produção; Assinatura do Responsável pelo orçamento ou pelo fluxo de caixa; Assinatura do Comprador; Manter controle das Ordens de Compras em Aberto Constar na nota fiscal de aquisição o número da Ordem de Compras Ao chegar o produto comprado, deve ser recebido em setor específico: RECEPÇÃO. 1.4 RECEPÇÃO O setor de RECEPÇÃO confere as mercadorias e as encaminham para o Almoxarifado ou para o Estoque de Matérias-Primas. Pela ordem de compra os funcionários da Recepção conferem: – a quantidade – as especificações – o acondicionamento e a qualidade dos produtos – carimbam e assinam a nota fiscal, deixando evidência que a mercadoria constante na nota fiscal foi recebida; 1.5 ALMOXARIFADO e ESTOQUE DE MATÉRIAS-PRIMAS Conduzem os produtos até o responsável pelo Controle de Estoques da empresa (almoxarifado ou estoque de matérias-primas); O Almoxarifado (ou Estoque de matérias-primas) confere novamente as quantidades e qualidade do produto e dispõe no estoque; O registro (input)...
Saiba mais...

Onde Comprar Notebook Refurbished

Onde Comprar Notebook Refurbished? Clique aqui!
Saiba mais...

Auditoria física interna de estoques

Auditoria física interna de estoques. Nós podemos ajudar! Faça contato conosco.
Saiba mais...

Compra e Venda de Estoque e Ativos Excedentes

Comprar e vender estoques e ativos excedentes de forma rápida, fácil e grátis é no LiquidaExpress.com. Visite ou solicite informações a um de nossos Executivos de Negócios.
Saiba mais...


Liquidation - Sobras Salvados Refurbished Pontas de Estoques e Logística Reversa Sobras de Estoques, Ativos de Baixo Giro, Salvados, Refurbished, Excesso de Estoque, Pontas de Estoques, Outlet, Corporate Barter e Logística Reversa., Se sua empresa necessita rapidamente de espaço, armazenamos suas Sobras de Estoques em nosso armazém e cuidamos de vendê-lo através do serviços de venda vend excesso de estoque, sobras de estoques, ativos de baixo giro, salvados, pontas de estoques, outlet, logística reversa, corporate barter, refurbished, atacado, atacadista, comprar, vender, venda consignada